title="" />
Revista do Aço

Companhia Siderúrgica Nacional escolhe ferramenta para apoiar obras

Aço 2015/06/11 Siderurgia Nenhum Comentário
Companhia Siderúrgica Nacional escolhe ferramenta para apoiar obras

Indústria agiliza o gerenciamento de empreendimentos com ferramenta de colaboração de documentos disponibilizada em nuvem.

Com a expansão dos negócios de mineração, porto e fabricação de cimento da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), várias obras foram demandadas. Com tantos empreendimentos em curso as áreas de projeto naturalmente recebem uma gama de desenhos técnicos para serem analisados e revisados até que cheguem a uma versão estável e final. Nesse ponto, cabe à área de tecnologia da Informação buscar soluções que agreguem valor ao processo.

Sem um sistema de informação que gerenciasse a documentação em fase de obras de forma a atender aos fluxos de aprovação dos documentos, a CSN buscou uma solução que atendesse a essa premissa para os negócios de mineração (Casa de Pedra e Namisa), cimentos (em Arcos) e portuário (Itaguaí). A escolha, entre as propostas analisadas no mercado, se deu pelo Colaborativo, software fornecido pelo Construtivo, empresa especializada em soluções para a gestão de projetos de engenharia.

O Construtivo fornece solução para gestão e processos (começo, meio e fim) para o mercado de Engenharia, com oferta 100% na nuvem e na modalidade de serviço (SaaS, do inglês Software as a Service). Com um portfólio completo de soluções colaborativas e de computação gráfica, a meta da companhia é manter-se em evidência entre os fornecedores de tecnologia para o mercado de engenharia civil e arquitetura, estimulando a realização de pesquisas acadêmicas focadas na melhoria da coordenação de projetos e na qualidade das obras, além de expandir o uso de sua aplicação para outros setores, como infraestrutura, gerenciadores de obras, energia, varejo, entre outros.

“A CSN procurou uma solução que gerenciasse melhor os documentos em fase de obras dos diversos empreendimentos em expansão. Diante do alto volume de projetos futuros e em andamento, buscamos uma ferramenta de colaboração na modalidade SaaS (Software as a Service) para viabilizar a gestão de documentos nas unidades de Casa de Pedra, Namisa, Arcos e Porto de Itaguaí, sem a necessidade de obter infraestrutura de TI e com a vantagem da rapidez fornecida pela nuvem”, confirma o gerente de TI da CSN, Márcio Ramalho.

Companhia Siderúrgica Nacional escolhe ferramenta para apoiar obrasCom a solução em operação, a integração entre os profissionais que atuam nas áreas de projetos, coordenação e obras foi visível. O processo, que antes era feito através de e-mail, ficava restrito ao responsável que estivesse com o fluxo de aprovação do documento. Hoje, com o Colaborativo, a CSN tem uma base de dados e repositório de documentos únicos, no qual todos os funcionários envolvidos no projeto podem ter acesso ao status das informações, ficando o controle de acesso ao documento em função do responsável pelo estado de aprovação.

O presidente do Construtivo, Marcus Granadeiro, diz que o fluxo de colaboração desenvolvido pela empresa parte da premissa da aceleração do processo para que os documentos sejam liberados para as obras. Dentre as funcionalidades disponibilizadas está a notificação automática aos responsáveis, a possibilidade de comentários simultâneos, a visualização do histórico dos documentos, o controle de versão e revisão de maneira automática, a funcionalidade de check-in e check-out de desenhos, a geração de relatórios e a visualização rápida de documentos, sem a necessidade de fazer download, entre outros.

Para Granadeiro, todo o fluxo de informações estabelecido pelo Colaborativo confere aos projetos de engenharia o acompanhamento e cumprimento de prazos conforme os padrões estabelecidos. “Estamos levando ao mercado uma possibilidade de ter controle e agilidade nos processos para que as obras sejam entregues nos prazos”, acrescenta ele.

Compartilhe

Sobre o Autor

Deixe um comentário