Estudantes da Rede Pública de Santa Cruz ganham bolsa por bom desempenho escolar

0

Reconhecimento Ternium Educação é um programa em parceria da Secretaria Estadual de Educação com a siderúrgica da Zona Oeste do Rio

Se foi de muita alegria e orgulho para os estudantes da rede estadual de ensino de Santa Cruz que obtiveram destaque no desempenho em salas de aula. Sessenta alunos receberam, uma bolsa única de R$ 2.500 na cerimônia oficial do programa Reconhecimento Ternium Educação, parceria da siderúrgica com a Secretaria Estadual de Educação (Seeduc). Além da recompensa financeira, os estudantes vão se tornar monitores em suas escolas, compartilhando conhecimento com os colegas.

Os selecionados integram os mais de 8 mil matriculados nas escolas estaduais de Santa Cruz. Os 60 melhores estudantes obtiveram não apenas notas acima de 8, mas também comportamento de excelência, sem o registro de nenhuma falta ou advertência ao longo do ano letivo de 2018. O evento, realizado no auditório da Ternium, reuniu alunos, pais, professores, comunidade escolar e funcionários da empresa. O secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes, e a secretária estadual de Assistência Social e de Direitos Humanos, Fabiana Bentes, prestigiaram o reconhecimento feito aos alunos.

A diretora Marcia Fátima Rocha, do Colégio Estadual Barão do Rio Branco – que teve 29 estudantes entre os premiados – avaliou que o reconhecimento é apenas o início de trajetórias de vidas de sucesso. Ela contou que o programa tem estimulado melhorias não apenas nas notas dos alunos, mas também em aspectos como disciplina e frequência.

“A educação é o caminho para o sucesso desses jovens, não há outro. Meus alunos moram em comunidades carentes, algumas muito violentas. Mas a gente precisa seguir acreditando no diálogo, no respeito e no incentivo aos estudos. Que eles sejam agentes multiplicadores de um projeto que está nos ajudando muito” – elogiou a diretora.

David Martins, um dos estudantes que obteve a bolsa, contou que, em um primeiro momento, foi até difícil acreditar no incentivo:

“Parecia algo surreal, mas temos a certeza de que jamais seremos os mesmos. Vamos continuar nos esforçando, e agora com a convicção de que as grandes oportunidades surgirão por meio da educação. Nós podemos fazer a diferença” – comemorou.

Secretários elogiam a parceria público-privada

O secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes, elogiou o desempenho dos estudantes e ressaltou a parceria da empresa com o Estado em outros projetos de educação, como, por exemplo o apoio da Ternium ao Colégio Estadual Erich Heine, que teve a melhor nota da rede pública no Ideb em 2018:

“É uma alegria muito grande ver o esforço desses alunos reconhecido dessa maneira. O incentivo da empresa é muito importante para a educação em nosso Estado. Agradeço publicamente aos professores e aos demais profissionais de educação pelo empenho diário, mesmo diante de tantos desafios que ainda precisamos enfrentar” – destacou o secretário Pedro Fernandes.

A secretária estadual de Desenvolvimento Social e de Direitos Humanos, Fabiana Bentes, considera que incentivar diretamente os alunos é uma ação de imensa importância, à medida que colabora para transformar a sociedade:

“Com esse tipo de reconhecimento, se cria motivação, inspira os amigos de quem foi destaque e transmite à família dos estudantes a perspectiva de um futuro melhor. É um ecossistema todo que muda, e não só o dos beneficiados” – elogiou Fabiana Bentes.

Desde que se instalou em Santa Cruz – quando adquiriu a CSA, no fim de 2017 -, a Ternium aumentou em quase 40% o investimento em projetos para a comunidade, principalmente na área de educação, que é uma prioridade para a companhia.

“O Reconhecimento Ternium Educação vem sendo realizado desde 1976 por  nossas empresas em diferentes lugares do mundo. Aonde atuamos, investimos em educação. Acreditamos na parceria entre indústria e comunidade, e em construir juntos mais desenvolvimento para a sociedade” – destacou o presidente da Ternium, Marcelo Chara.

Sobre a Ternium

A Ternium é a maior siderúrgica da América Latina e acionista majoritária da Usiminas.  Desde 2017 tem um centro industrial no Brasil, no Rio de Janeiro. A unidade de Santa Cruz (RJ) tem capacidade de produção de 5 milhões de toneladas de placas de aço por ano, com alto nível de sofisticação que atende indústrias nos EUA, México, Brasil e Europa. A unidade da Ternium no Rio de Janeiro é a maior produtora de aço de toda a companhia e gera mais de 9 mil empregos, com segurança e compromisso ambiental e social.  Além do Brasil, a empresa conta com outros 16 centros de produção espalhados por 5 países: México, Argentina, Colômbia e EUA.

Acesse: www.ternium.com.br

Share.

About Author

Leave A Reply