Primeira Garra Industrial Certificada para Operação Colaborativa

0

A SCHUNK Co-Act EGP-C já é protótipo em uma estação de trabalho colaborativa humano-robô (HRC), na Alemanha

A SCHUNK, empresa familiar multinacional alemã, líder em competência em sistemas de garras e tecnologia de fixação, está consolidando seu pioneirismo quando o assunto é garras para operação colaborativa, com a garra SCHUNK Co-Act EGP-C.

Com ela é apresenta pela primeira vez uma garra industrial inerentemente segura, certificada e aprovada para operação colaborativa pelo órgão DGUV (seguro social Alemão contra acidentes de trabalho). O certificado simplifica a certificação de segurança para aplicações colaborativas e reduz o tempo de implantação de um projeto seguramente certificado.

A garra paralela compacta de dois dedos, montada com uma capa com proteção contra colisão, abrange uma ampla gama de aplicações, desde montagem de componentes pequenos em produtos eletrônicos e de bens de consumo, até aplicações de montagem no setor automotivo.

Na SCHUNK, a Co-Act EGP-C já é protótipo em uma estação de trabalho colaborativa humano-robô (HRC) na montagem de garras. Nela, o trabalhador assume o controle de montagem e qualidade, enquanto o robô com a garra remove os resíduos de adesivo em uma placa de extração afiada. Isso melhora a ergonomia e minimiza o risco de ferimentos ao empregado.

A garra satisfaz os requisitos da norma ISO/TS 15066 e é projetada para que não possa ferir uma pessoa. Dessa maneira, é totalmente garantido que as aplicações colaborativas sejam confiavelmente seguras, satisfazendo as exigências da norma. A garra pode ser controlada de forma extremamente simples e por meio de sinal digital I/O. Também é adequada para aplicações móveis, devido a tensão de operação ser de 24 VDC.

Certificação de segurança simplificada para aplicações em geral

A Co-Act EGP-C é fornecida como uma unidade completamente pré-montada com a interface adequada para os cobots dos fabricantes KUKA, Fanuc ou Universal Robots. Interfaces para robôs de outros fabricantes podem ser fornecidas mediante solicitação.

Além disso, são previstos módulos de programação para todos os cobots convencionais que reduzirão ainda mais os esforços realizados na fase de instalação.

Toda a regulagem e eletrônica de potência são instaladas no interior da garra, o que significa que não ocupam espaço no gabinete elétrico. A garra é livre de manutenção, devido ao seu acionamento ser um servo motor sem escova, além disso, sua robusta guia de roletes garante um alto nível de eficiência e a transforma em um equipamento dinâmico e de alto desempenho para o manuseio exigente de peças pequenas e médias.

Os dedos da garra mantêm uma força de agarre constante e a mesma velocidade em todo o curso de abertura e fechamento. Para tornar a colaboração com o operador fluída e intuitiva ao máximo possível, a garra é equipada com iluminação LED em cores de semáforo, por isso o usuário consegue reconhecer a respectiva condição do sistema.

A garra certificada para pequenos componentes está disponível a partir do primeiro trimestre de 2018 no tamanho 40 com um curso por dedo de 6 mm e adequada para uma peça com peso máximo de 0,7 kg. A força de fixação pode ser ajustada por meio de um interruptor rotativo lateral.

SCHUNK apresenta sistemas de tecnologia de fixação 24 V

Com o slogan “inteligente, conectivo e sensível”, a empresa traz os últimos desenvolvimentos para produção inteligente.

A SCHUNK, empresa familiar multinacional alemã, líder competente em sistemas de garras e tecnologias de fixação, espera a mesma animação contagiante, com os lançamentos da FEIMEC 2018 no Brasil, que teve em torno de seu estande na feira internacional SPS IPC Drives no fim de 2017, na Alemanha. Com o slogan “inteligente, conectivo e sensível”, a companhia traz os últimos desenvolvimentos para produção inteligente.

A tecnologia 24 V para sistemas de montagem, em particular, provou ser um grande atrativo ao público. “As discussões com a nossa equipe do estande mostraram que o mercado está realmente contemplando as oportunidades oferecidas por um mundo universalmente de 24 V”, resume o CEO da SCHUNK,  Henrik A Schunk.

Ele está convencido de que ao lado das redes pneumáticas e > 400 V, a tecnologia 24 V será um forte terceiro pilar na automação de montagem. “Houve uma grande surpresa ao redor do stand quando os usuários experimentaram a facilidade com que os componentes são operados e com a flexibilidade e a fluidez que correm ao longo do processo”, informa o empresário.

Potência inteligente de 24 V com certificação PROFINET

Além de o programa 24 V ser o novo padrão de automação de montagem, os visitantes também terão acesso a garra SCHUNK EGL PROFINET.

A primeira garra universal certificada PROFINET com eletrônica integrada reúne potência, diversidade e inteligência. Sua interface PROFINET de alto desempenho cria os pré-requisitos ideais para a regulação do processo em tempo real e o máximo desempenho.

Com o controle integrado e a eletrônica de potência, a garra padrão de catálogo tem todas as características principais para moldar de forma flexível as cadeias de processo e, ao mesmo tempo, monitorar todas as etapas.

A garra SCHUNK EGP-C Co-act é outro destaque, como a primeira garra industrial certificada DGUV no mundo para operação colaborativa. Especialmente em montagem em pequenas peças, isso facilita a colaboração humano-robô e pode ser usada em todos os robôs comuns de aplicações colaborativas: como base, está equipada com a interface certa para co-bots KUKA, FANUC ou Universal Robots. Além disso, as interfaces para outros fabricantes de robôs estão disponíveis mediante solicitação.

Acesse: www.schunk.com

Share.

About Author

Leave A Reply