Setor Automotivo não está Preparado para Transformação Digital, Aponta Pesquisa

0

Índice elaborado pelo CESAR revela que apenas um terço das empresas do segmento têm plano de ação em curso para modernizar modelo de negócios

As novas tecnologias já permitem carros sem motorista e aplicativos que promovem uma direção mais segura. As possibilidades para o setor automotivo são infinitas, mas o progresso ainda esbarra no desconhecimento das empresas, que sequer criaram estratégias para promover a transformação digital. É que revela o recém-lançado ICTd – Índice CESAR de Transformação Digital.

Numa escala de zero a 100, as empresas do setor automotivo marcam 57,34 pontos, ou seja, atendem a 57,34% dos quesitos necessários para a transformação digital. Para chegar a essa média, foram avaliados o nível de maturidade das empresas a partir de oito eixos: Cultura & Pessoas, Consumidores, Concorrentes, Inovação, Processos, Modelo de Negócios, Dados & Ambiente Regulatório e Tecnologias Habilitadoras. Destes, o mais maduro no setor automotivo é o eixo de Modelo de Negócios (61,58), seguido por Consumidores (61,05). Já os eixos que estão mais distantes da transformação digital estão Tecnologias (52,96) e Inovação (54,37).

Transformação Digital é a destruição criativa, em rede, dos modelos de negócios tradicionais provocada pela maturidade das plataformas digitais. “Há incorporações tecnológicas importantes no produto, no entanto estas empresas não mudaram a forma como inovam, como trabalham com seus consumidores, como competem entre si e com outros setores. Tanto é que estão sendo atacadas pelo setor de transporte via apps, como Uber e 99”, destaca o CDO – Chief Design Officer do CESAR, Eduardo Peixoto

O estudo mostra ainda que apenas 37,36% das empresas brasileiras do setor automotivo estão se preparando para lidar com essa nova realidade. A maioria sequer deu os primeiros passos nesse sentido. E ao se analisar as empresas que de fato já têm ações em curso ou planejadas, o que a pesquisa apresenta é que ainda existe uma grande expectativa de que o digital traga melhorias mais operacionais e pouco transformacionais.

A pesquisa do CESAR, centro de inovação, educação e empreendedorismo com sede em Recife e regionais em Manaus, Curitiba e Sorocaba, foi realizada em parceria com a Automotive Business entre os meses de abril e junho de 2019 e abrangeu 138 empresas do setor automotivo de todo o país. “De uma forma geral, quando a gente fala de Transformação Digital, não se pode olhar apenas para um aspecto”, destaca o CDO do CESAR.

Acesse: www.auto.transformacao.cesar.org.br

Share.

About Author

Leave A Reply