Tecnologia com Mercado Garantido

0

As vendas da Trumpf Brasil cresceram 68% no último ano fiscal e dados preliminares apontam uma alta de 51% na entrada de pedidos

 Por Ricardo Torrico

João Carlos Visetti, diretor-presidente da Trumpf Brasil

A Trumpf Brasil registrou um aumento de vendas em torno de 68% ao fim do ano fiscal 2018/2019, encerrado em 30 de junho. Os dados apontam vendas totais de R$ 177 milhões, contra R$ 105 milhões no período anterior. A entrada de pedidos atingiu R$ 172 milhões, tendo crescido 51% sobre os R$ 114 milhões registrados no ano fiscal  2017/2018. O resultado confirma a liderança da Trumpf como fornecedora de soluções em máquinas e tecnologia laser para o corte, dobra, puncionamento e marcação de chapas metálicas no Brasil.

A divisão de máquinas-ferramenta teve alta de 190%, o melhor resultado dos últimos anos.“Embora a economia não tenha crescido como era esperado no primeiro semestre, os empresários querem investir”, afirma João C. Visetti, diretor-presidente da Trumpf Brasil. “Eles estão preocupados com o custo operacional e com a produtividade, e a Trumpf está hoje melhor preparada do que a concorrência para oferecer isso, seja na linha de máquinas laser de alta performance, seja auxiliando os empresários que querem começar a trabalhar no segmento ou precisam de uma segunda máquina para melhorar sua produção.”

A divisão de Services da Trumpf também teve um crescimento significativo: 45%. “Muitas máquinas que estavam desativadas voltaram a operar. Isso demanda a reposição de peças e consumíveis, gera novos contrados de manutenção etc.”, explica Visetti. Para o diretor-presidente da Trumpf Brasil, o sucesso obtido entre julho de 2018 a junho de 2019 “coroa o trabalho de uma equipe diferenciada de representantes comerciais e vendedores, engenheiros de aplicação e técnicos de serviço, única no Brasil”.

Ano fiscal aquecido

O novo ano fiscal começou movimentado para a Trumpf Brasil, com grandes projetos em estudo. Segundo Visetti, os desafios continuam presentes, mas a expectativa é melhor do que no início do ano. “A aprovação das reformas previdenciária e tributária deve melhorar o ambiente de negócios, estimulando mais empresários e empresas a investir no Brasil”, afirma. Para ele, o acordo Mercosul-União Europeia ainda deve demorar para dar frutos, devido às muitas negociações e ajustes que ainda precisam ser feitos entre os países. O Brasil, porém, não pode esperar. “As indústrias brasileiras dispostas a ser competitivas, como o setor metalmecânico e a indústria de transformação, precisam ter acesso à tecnologia de ponta para entrar na indústria 4.0, competindo em igualdade com o resto do mundo. É onde os nossos produtos e soluções têm larga vantagem, dada a liderança mundial da Trumpf nesse segmento”.

Reformas indispensáveis

“A reforma da Previdência  tem o objetivo de  colocar as contas de médio e longo prazo do governo sob controle, e assim recobrar a confiança dos investidores. É um sinal de que há uma conscientização quanto à necessidade de controlar as despesas, para que possa haver mais dinheiro disponível para investimento. A reforma tributária vem para simplificar o pagamento de impostos e diminuir parte do chamado Custo Brasil”, detalha o diretor-presidente da Trumpf Brasil. “Existem várias comparações possíveis, mas, só para dar um exemplo, enquanto nos Estados Unidos o departamento tributário de uma empresa tem 8 pessoas, aqui, no Brasil, uma empresa de porte semelhante e atuando no mesmo setor, tem 200. Quando a gente fala de produtividade, isto já prejudica bastante.”

Além dessas reformas, Visetti também considera importantes as reformas política e administrativa para completar a modernização do Estado brasileiro, tornando-o mais ágil, transparente e produtivo. “Também nessa questão eu sou otimista, porque existe uma geração de políticos jovens, eleitos pela primeira vez, que estão demonstrando muito dinamismo e objetividade no exercício do cargo. Participei recentemente de um fórum, onde tive a oportunidade de ouvir alguns desses jovens deputados e vereadores, e fiquei bem impressionado. Quem sabe, em breve teremos um projeto de desenvolvimento sustentável de longo prazo para o nosso país, que transcenda partidos e governantes”, completa João Carlos Visetti.

Acesse: www.trumpf.com

 

 

Share.

About Author

Leave A Reply